GP da Itália de F1 será disputado com portões fechados

A edição de 2020 do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, em Monza, será realizada com portões fechados ao público. A decisão dos organizadores da prova, que acontecerá entre os dias 4 e 6 de setembro, foi adotada em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Devido às persistentes condições de incerteza relacionadas à emergência de saúde da Covid-19, somos obrigados, apesar de tudo, a confirmar que a edição 2020 do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 será realizada a portas fechadas ou sem espectadores“, divulgou o autódromo.

Com o anúncio, a primeira corrida de 2020 que poderá ter a presença de público é o GP da Toscana, no circuito de Mugello (Itália). Esta será a milésima corrida da Ferrari na história da Fórmula 1. No entanto, ainda não está confirmada a permissão de torcedores, e tudo dependerá da decisão do governo daquela região da Itália. E, mesmo assim, há a possibilidade de apenas italianos serem autorizados a estar no autódromo.

Até agora, o único evento que vem tendo venda de ingressos é o GP da Rússia, em Sochi, marcado para o dia 27 de setembro. Outra corrida que poderá ter presença de torcedores é o GP do Eifel, em Nürburgring (Alemanha), no dia 11 de outubro.