Eleita com 88 dos votos, Palmeiras tem primeira mulher presidente em sua história

22 de novembro
A dona da Crefisa, Leila Pereira e maior patrocinadora do Palmeiras foi eleita presidente do clube em eleição realizada no sábado (20). Sem adversários, a eleição teve apenas “uma” chapa na disputa. A nova gestão assumirá já no próximo dia 15 de dezembro e seguirá no comando do Verdão até 2024.

Para garantir a posição, a empresária precisava receber mais de 50% dos votos, algo que foi superado com facilidade, obtendo 1.897 votos dos 2.141 possíveis (88,6%). Puderam participar do processo eleitoral todos os sócios adimplentes do clube alviverde.


Além de Leila Pereira, a chapa conta com Paulo Roberto Buosi, Maria Tereza Ambrósio Bellangero, Neive Conceição Bulla de Andrade e Tarso Luiz Furtado Gouveia.

Leila diz que sua gestão terá dois pilares: a montagem de um time vitorioso e a aproximação do clube com sua torcida. “Tenho dois grandes pilares nesta gestão. O primeiro: um Palmeiras cada vez mais vitorioso, chega de protagonismo. Protagonistas já somos, queremos ser vitoriosos. Não quero segundo lugar, quero o primeiro. Vamos trabalhar por isso. E aproximar o torcedor com o seu time. É claro para mim, é para isto que estou aqui, para olhar pelos nossos milhões de torcedores. Nosso grande patrimônio está fora do clube. Em 107 anos de história desse time gigante, ser eleita como a primeira mulher presidente do clube é uma honra.” disse Leila.

Nascida em Cambuci (RJ), Leila Pereira é formada em jornalismo e direito e assumiu o comando da Crefisa em 2008. A nova mandatária tornou-se uma figura importante no Palmeiras a partir de 2015, quando ela e seu marido, José Roberto Lamacchia, começaram a patrocinar o clube.