Veja as chances de rebaixamento de cada clube no Brasileirão 2020

Com o término da 31ª rodada, o Campeonato Brasileiro de 2020 caminha para sua reta final e ainda não há nada definido, seja na parte de cima ou de baixo da tabela da competição. Contudo, os caminhos começam a ficar mais claros e é hora dos clubes, sobretudo os que lutam pelo título ou contra o rebaixamento para a Série B, começarem a fazer contas e olharem as probabilidades.

Com base no levantamento, nenhuma das equipes acima da 11ª colocação do Brasileirão tem chances de queda para a Segunda Divisão, com exceção do Athletico-PR, que é o 10º, com 39 pontos, que tem 0.02% de chances de rebaixamento. Ou seja, São Paulo, Internacional, Atlético-MG, Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Fluminense, Santos, Corinthians e Ceará estão livres ou praticamente livres do rebaixamento.


Além do bloco de cima, o Red Bull Bragantino (0.1%), que é o 12º, o Atlético-GO (1.6%), que ocupa a 13ª posição, e o Fortaleza (8.8%), que é o 16º na tabela, também têm pouquíssimas chances de queda, segundo o levantamento.

A situação começa a ficar mais complicada a partir da 14ª posição do Campeonato Brasileiro, com exceção do Fortaleza, sobretudo para os times que estão na zona de rebaixamento: o Bahia tem 40.5% de chances de queda, o Goiás tem 86.3%, o Coritiba tem 97.9% e o Botafogo tem 99.3% de chances de disputar a Série B na próxima temporada.

Veja abaixo o ranking completo.

Chances de rebaixamento no Brasileirão de 2020
1º Internacional – 0.00%
2º São Paulo – 0.00%
3º Flamengo – 0.00%
4º Atlético-MG – quase 0%
5º Palmeiras – quase 0%
6º Grêmio – quase 0%
7º Fluminense – quase 0%
8º Corinthians – quase 0%
9º Santos – quase 0%
10º Ceará – quase 0%
11º RB Bragantino – 0.1%
12º Athletico-PR – 0.05%
13º Atlético-GO – 0.1%
14º Fortaleza – 2.6%
15º Bahia – 16.3%
16º Sport – 47.0%
17º Vasco – 41.1%
18º Coritiba – 98.2%
19º Goiás – 94.5%
20º Botafogo – 99.8%
Fonte: 90Min