Edição 2020 de Roland Garros poderá ter público reduzido

Após a confirmação da retomada do calendário do tênis a partir de agosto, Roland Garros já começou a organizar os detalhes para o início da competição e pode até contar com torcida nas arquibancadas. O Grand Slam francês começará no dia 27 de setembro.

Presidente da Federação Francesa de Tênis, Bernard Giudicelli disse que “jogar com portões fechados não é uma opção”. A declaração abre a possibilidade da presença de público reduzido no complexo, respeitando o protocolo de segurança para evitar o contágio do novo coronavírus. O torneio teria início originalmente em 20 de setembro, mais foi adiado em uma semana para a realização dos Masters 1000 de Madrid e Roma. A nova data deve ajudar a manter a programação de jogos, incluindo a disputa das duplas mistas.

A única alteração prevista até o momento é a redução do qualifying masculino, que deve passar de 128 jogadores para 96. O torneio classificatório começará no
dia 21 de setembro. Roland Garros é tradicionalmente disputado no fim de maio, mas foi adiado neste ano por causa da pandemia da covid-19. A competição
vai encerrar o calendário de Grand Slams em 2020, já que Wimbledon foi cancelado e o US Open terá início no dia 31 de agosto.